Investir em Poupança - Dicas

Muita gente sempre quis entender como é calculado o rendimento da caderneta de poupança, mas outras dúvidas também surgiram. A caderneta de poupança é um dos investimentos mais tradicionais (se não for o maior), por conta da segurança que ele garante. Mas como já dissemos algumas vezes, em se tratando de investimentos, segurança é sinônimo de baixa rentabilidade. Quanto maior o risco, menos seguro o investimento e (provavelmente) mais rentável. Além da segurança, a poupança tem outra característica que pode ser considerada uma vantagem. A rentabilidade da poupança é definida pelo Banco Central. Sendo assim, todos os bancos são obrigados a praticar a mesma correção para esse investimento. Independente do banco que você seja cliente, a rentabilidade será a mesma.
Porém, ao contrário dos fundos de renda fixa, títulos públicos e fundos de ações, por exemplo, a rentabilidade da poupança não é diária. Ela é calculada pela data de aniversário da aplicação. Em outras palavras: se você fizer um aporte na sua caderneta de poupança no dia 02/02, esse aporte só sofrerá correção no dia 02/03. A correção é mensal, nas datas das aplicações. Caso você faça uma nova aplicação numa data diferente do dia 02, ela será corrigida separadamente.
Por conta dessa correção mensal, existem algumas dicas interessantes para não perder parte da rentabilidade por conta de um resgate numa data errada. Confiram:

  • Menor saldo do período: a rentabilidade é definida sempre sobre o menor saldo do período. Por exemplo, se você iniciou o mês com R$ 1.000 e sacou R$ 400 após 15 dias, a rentabilidade será calculada sobre R$ 600. Isso mostra que saques fora da data de aniversário podem prejudicar a rentabilidade de forma significativa.
  • Sub-contas: vale a pena considerar instituições que ofereçam sistemas que gerenciem aplicações e saques, de forma que sejam criadas “sub-contas” dependendo do aniversário, sem a necessidade de abrir novas contas. Isso, em geral, garante que os saques sejam feitos das sub-contas com aniversário mais vantajoso.
  • Dias úteis e não úteis: no caso de datas de aniversário em dias não úteis, não saque no dia útil anterior, já que você perderá toda a rentabilidade do período. Espere o dia útil posterior ao aniversário para sacar sem perder juros.
É importante ressaltar que a caderneta de poupança é apenas um entre as várias modalidades de investimentos existentes. Já falamos de vários deles aqui no blog, inclusive de opções quase tão seguras quanto a poupança e com rentabilidade melhor, como o Tesouro Direto.